segunda-feira, março 26, 2007

Numa de mudar de casa...

Se bem que quando comprei a minha casa há quase 10 anos me servia muito bem, hoje com as mesmas duas assoalhadas não consigo conviver comigo mesmo...tornou-se muito apertada. Se não é no quarto é na sala, se não é na sala nem no quarto é na cozinha. Fartei-me! Fui subitamente invadido por um sentimento de claustrofobia. Preciso de um quarto, uma sala e de um escritório.
As voltas têm sido muitas...até que descobri um condominio liiiiiiiiiiinnnnnnnnnnndooooooo! Mas se calhar tem assoalhadas a mais. Perguntei ao vendedor qual era a tipologia, ao que ele respondeu T4, T5, T6, e T7. Perguntei se podia ver a mais pequena...ou seja a de cinco assoalhadas...sim porque as T6 e T7 já estão todas vendidas....humm....estranho para um país a atravessar uma crise...se calhar a crise nem é assim tanta...NOT!
Lá fui ver a casa de 5 assoalhadas..."mas para que é que eu quero uma casa tão grande?"... Garagem para dois carros, sala, escritório, suite e dois quartos. 3 casas de banho (?!?!?) e uma piscina (comum aos condominos) digna de aldeamento turistico...
Preço...muito bom! Mas mesmo muito bom...
Vamos lá agora aos papeis para ver se consigo empréstimo... já me perguntaram para que é que eu quero uma casa tão grande, ao que a minha resposta se limita a "é porque não têm mais pequenas!"...
Portanto, acabaram-se as férias no estrangeiro nos próximos anos e o carro tem que se manter por muitos mais...
Até parece que já me estou a ver a ir de marmita para o trabalho...

10 comentários:

Tongzhi disse...

he he he!
Não se pode ter tudo, meu caro!
Esse previlégio é só para alguns.
Mas cuidado com o preço do condomínio... eu, passado dois anos, tive a não agradável surpresa de o ver subir assustadoramente...

Pedro Eleutério disse...

Acredita que todo esse espaço vai-se tornar útil. Falo de experiência própria. Começamos com um espaço pequeno até não dar mais. Avançamos para um maior e aí dizemos que este vai chegar e quando damos por nós já estamos atulhados de coisas.

Em relação às férias... paciência. E aí é dizer viva a Internet e a Tv Cabo. Sempre vamos tendo algumas imagens daquilo que um dia poderemos visitar.

Boa sorte com o empréstimo.

Luís disse...

LOOOOOOOL

São escolhas... E a da compra dessa casa parece-me ser excelente: força aí e boa sorte!

Oz disse...

A questão do espaço é uma coisa engraçada, sobretudo para quem, como eu, tem uma certa tendência para ir somando e não subtraíndo.
Uma casa, para além de um valor seguro, é algo de fundamental. Vale a pena o investimento. No resto, é tudo uma questão de prioridades.
Abraço

pinguim disse...

É óptimo quando numa lita de prioridades, tomamos uma decisão. Agora é lutar por esse objectivo, que com certeza terá pernas para andar. Felicidades.

TD disse...

detesto o modo como os tugas tem a mania de dividir a casa todo, adoro espaços amplos, abertos, com janlas grandas..
mas ficamos a espera de ir para tua piscina no verão!!

Aequillibrium disse...

Uma casa é sempre um bom investimento. E o principal é que depois te sintas bem nela.
Muitos quartos, salas, wc's, tanto faz, vais ver que usas quase tudo. E se não usares, não faz mal, são teus!! LOL
Quanto às férias, vais ver que sempre consegues por algum de parte e ir a algum lado. Nem mesmo que seja mais perto do que aquilo que desejavas..

Boa sorte, bom empréstimo, e boa casa!!!

;)

Hugo disse...

Resta-me desejar-te boa sorte nesta nova aventura....

:)

Quanto a mim começo a ter a verdadeira necessidade de ter a minha primeira casa...vamos ver o que o resto do ano me proporciona.

Abraço!

heartvibes disse...

Se não nos sentirmos bem onde vivemos de nada nos adiantam os carros e as férias em locais paradisíacos! Afinal a nossa casa é o local onde passamos a maior parte das nossas vidas, ou será no local de trabalho?

L. Antão disse...

Por causa dessas e de outras é que eu em 2000 comprei uma casa grande de mais para viver sozinho. Vivenda geminada, 4 assoalhadas, jardim, terraço, piscina só se eu a construir no jardim, mas como prefiro a praia aqui bem perto...
Ainda pensei que podia convencer o Shwasy a vir viver comigo, mas não cedeu então ficou mesmo para mim. Adoro! Foi uma escolha óptima. Se não tivesse comprado teria-me arrependido por toda a vida.
Se é por essa que te apaixonaste, compra-a. No amo seguinte não fomos de férias, vendi o carro e comprei a casa, só por isso ainda gosto mais dela.